Carta Ecumênica para a Semana de oração pela unidade dos cristãos

Com informação: VaticanNews

As nossas Igrejas e comunidades encontraram a unidade na caridade que é a maior das virtudes e que permanecerá como a marca da nossa comunhão fundada no Senhor Jesus”. Em vista da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2021 foi redigida uma Carta Ecumênica a três mãos: um católico, um ortodoxo e um pastor evangélico

Tiziana Campisi – Vatican News

“Sentimos o desejo de estar próximos uns dos outros, junto com nossas comunidades. O sofrimento, a doença, a morte, as dificuldades econômicas de muitos, a distância que nos separa, não queremos esconder nem diminuir a força de estarmos unidos em Cristo Jesus”. É o que escrevem em uma Carta Ecumênica por ocasião da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, um católico, um ortodoxo e um pastor. A Carta Ecumênica para a Semana deste ano que será realizada de 18 a 25 de janeiro foi escrita por Dom Ambrogio Spreafico, presidente da Comissão para o ecumenismo e o diálogo da Conferência Episcopal Italiana, Dom Polykarpos Stavropoulos, vigário patriarcal da Arquidiocese Ortodoxa da Itália e Malta, e o Pastor Luca Maria Negro, presidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália.

Voltar melhor do que antes

Com um olhar à situação atual marcada pela pandemia, os três signatários da carta observam que não se pode “esperar que depois desta pandemia ‘tudo volte a ser como era’, como geralmente é dito”, mas desejam “que tudo volte a ser melhor do que antes, porque o mundo ainda está muito marcado pela violência e injustiça, arrogância e indiferença”. Porém, explicam eles, nestes meses de dor e grande necessidade, a solidariedade se multiplicou. “Muitos se uniram a nossas comunidades para dar uma mão, para estar perto daqueles que precisavam de alimento, amizade, novos gestos de proximidade, respeitando as regras de distanciamento” continuam dom Spreafico, dom Stavropoulos e o pastor Luca Negro. Sentimos a necessidade de agradecer ao Senhor por esta solidariedade multiplicada… A gratuidade do dom nos ajudou a redescobrir a contínua riqueza e beleza da vida cristã, inundada pela graça de Deus, que somos chamados a comunicar com maior generosidade a todos”.

Unidade na caridade

Os três autores da Carta Ecumênica sublinham que nestes meses, apesar das consequências da emergência sanitária, o medo não prevaleceu: “Continuamos a sair para apoiar os pobres, os pequenos, os idosos, muitas vezes privados da proximidade da família e dos amigos. As nossas Igrejas e comunidades encontraram a unidade na caridade que é a maior das virtudes e que, unicamente, permanecerá como a marca da nossa comunhão fundada no Senhor Jesus”.

Por fim dom Spreafico, dom Stavropoulos e o pastor Luca Negro asseguraram suas orações “pelos doentes, pelos cuidadores, pelos idosos sozinhos ou em instituições, pelos refugiados, por todos os que sofrem neste tempo” e, lembrando o que está escrito na apresentação do subsídio para a Semana de Oração pela Unidade Cristã, pedem a Deus que cure a humanidade “do poder do mal e da pandemia, da injustiça e da violência” e recebam o dom da unidade.

Concluindo, ao recordar o Metropolita Zervos Gennadios, que morreu em 16 de outubro passado e que durante vários anos compartilhou “o caminho para a unidade plena”, os três autores da Carta convidam as comunidades cristãs a viver e celebrar a unidade em oração comum, que na próxima semana as verá unidas em várias iniciativas.

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2021-01/semana-oracao-unidade-cristaos-carta-ecumenica.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.