Rezar o terço: uma redescoberta durante a pandemia, incentivada por Maria

Com informação: Vatican News

A Nossa Senhora tem ajudado a dar sentido a este momento vivido no mundo inteiro, como também a redescobrir a oração do terço, afirma o arcebispo Tommaso Caputo, delegado pontifício do Santuário de Nossa Senhora de Pompeia. O local de culto na Itália já aderiu à convocação do Papa para o próximo sábado, 30 de maio: santuários marianos do mundo inteiro estarão unidos para rezar o terço e para pedir à Mãe de Deus esperança e consolação neste período de crise sanitária global.

O Santuário de Nossa Senhora de Pompeia, na Itália, é um dos lugares de culto dos 5 continentes que aderiu à oração comum do terço com o Papa Francisco no próximo sábado, 30 de maio. No encerramento do mês mariano, como é tradição, o Pontífice vai rezar o terço direto dos Jardins Vaticanos às 17h30 na hora italiana (12h30 no horário de Brasília), com transmissão ao vivo, com comentários em português

Por causa da emergência sanitária da Covid-19, a maioria dos santuários precisaram interromper as atividades normais e as peregrinações. Junto com fiéis do mundo inteiro, então, será feita uma oração conjunta para pedir à Mãe de Deus esperança e consolação diante da pandemia.

Santuários dos 5 continentes unidos em oração

Dom Tommaso Caputo, delegado pontifício do Santuário de Nossa Senhora de Pompeia, comenta que é “com grande gratidão ao Santo Padre” que aderem à oração global para “invocar à Mãe de todos nós e a quem dirigimos a nossa oração”, junto com toda a comunidade da região italiana da Campanha, ao sul do país.

O arcebispo explica que o santuário local foi fundado por “um homem leigo, um advogado, o Beato Bartolo Longo, que redescobriu a sua vocação cristã através da oração do terço. Contemplando os Mistérios, Longo compreendeu que essa oração mariana era um caminho para Jesus Salvador. Ele procurava a salvação e entendeu que a oração mariana teria dado essa salvação, porque o conduzia ao Salvador com os olhos da Mãe”.

O exemplo do duplo santuário de Pompeia

O santuário de Pompeia tem uma peculiaridade, explica ainda dom Tommaso, porque “é um duplo santuário”: é o santuário da fé, que antes da pandemia acolhia 2 milhões de peregrinos ao ano; e o santuário da caridade, com as obras sociais. Uma solidariedade que nunca parou, confirma o arcebispo: “de modo especial, os centros onde são acolhidos os recém-nascidos, as crianças, os adolescentes e as mães em dificuldade”.

Redescobrindo vocações cristãs

Neste mês de maio e em plena pandemia, rezar o terço ganha um significado ainda maior e, segundo dom Tommaso, ajuda a dar um sentido a este período difícil e de dor. O reflexo pode ser visto diretamente no santuário que agora tem recebido mais peregrinos, com a nova fase de flexibilização da pandemia na Itália, respeitando todas as medidas de segurança e prevenção:

“Isso significa que, neste lugar, sob os olhos da Mãe, se sentem confortados, podem confiar nela e pedir a sua intercessão. E Maria, sem dúvida, é o modelo para todos: foi a primeira dos seguidores de Jesus, a primeira entre os cristãos, viveu todas as experiências da vida e, de maneira especial, sempre esteve presente, do momento da Anunciação até a Cruz; sempre estava ali, fiel. Maria nos ajuda a dar um sentido também a isso, mas, além de tudo, de nos redescobrirmos irmãos e também redescobrirmos a oração do terço neste período. É extraordinário porque é a Mãe que nos incentiva, mas, como sempre, ela depois nos diz, como nas bodas de Caná: “Fazei tudo o que Ele vos disser.”

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2020-05/coronavirus-rezar-terco-santuario-pompeia-papa-francisco-jardins.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *