Santuário de Vera Cruz divulga a programação da Semana Santa que será exclusivamente pelo facebook

Definida a programação da Semana Santa, de 05 a 12 de abril, no Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Vera Cruz. As celebrações da Semana Santa estão entre as mais importantes para os católicos, mas neste ano, em atendimento às medidas de combate ao coronavírus, as celebrações serão transmitidas exclusivamente por mídia social, não havendo participação presencial. Os fiéis poderão acompanhar as transmissões pelo facebook.com/paginasscjesus.

As celebrações da Semana Santa marcam a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo, que morreu na cruz para salvar a humanidade. A programação de Vera Cruz prevê a Bênção de Ramos, missas, Via Sacra, Sermão das Sete Palavras, meditação dos passos do Senhor e das Dores de Maria, Missa de Instituição da Eucaristia, Vigília Eucarística em família, celebração da Paixão do Senhor, Vigília Pascal e Missa de Páscoa. O pároco do Santuário, Pe Maurício Sevilha, convida a comunidade a participar pela internet.

A Semana Santa fecha o período quaresmal, iniciado em 26 de fevereiro, na Quarta-Feira de Cinzas. A Quaresma convida os cristãos a um período de reflexão, penitência e conversão espiritual em preparação para o mistério pascal, quando se revive a morte e ressurreição de Cristo.

A Sexta-Feira da Paixão deve ser dedicada ao jejum, recolhimento, oração e abstinência para quem possui condições normais de saúde. A Vigília deve ser feita em família, a partir das 22h da quinta-feira, 09/04, até as 14h30 da sexta, 10/04 (a família pode escolher um horário, nesse período, que seja mais adequado).

As pastorais e os grupos que compõem a estrutura da Paróquia se organizaram para a Hora Santa, que também será cada membro em sua casa. A comunidade também deve participar escolhendo um dos horários para a vigília.

Abaixo, a programação completa da Semana 2020:

05 de abril – Domingo de Ramos – 09h00 – Benção e Missa de Ramos
O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, relembrando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.

06 de abril – Segunda-Feira Santa – 20h00 – Via Sacra
É o segundo dia da Semana Santa, seguinte ao Domingo de Ramos, no qual se recorda a prisão de Jesus Cristo.

07 de abril – Terça-Feira Santa – 20h00 – Sermão das Sete Palavras na Cruz
É o terceiro dia da Semana Santa, onde são celebradas as Sete dores de Nossa Senhora Virgem Maria.

08 de abril – Quarta-Feira Santa – 20h00 – Meditação dos Passos do Senhor e das Dores de Maria
É o quarto dia da Semana Santa. Procissão do encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Há igrejas que neste dia celebram o Ofício das Trevas, lembrando que o mundo já está em trevas devido à proximidade da morte de Jesus.

09 de abril – Quinta-Feira da Ceia do Senhor – 20h00 – Missa da Instituição da Eucaristia
É o quinto dia da Semana Santa e, na manhã deste dia, nas catedrais das dioceses, o bispo se reúne com o seu clero para a Celebração do Crisma, na qual são abençoados os óleos que serão usados na administração dos sacramentos do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos. Com essa celebração se encerra a Quaresma. Neste mesmo dia, à noite, são relembrados os três gestos de Jesus durante a Última Ceia: a Instituição da Eucaristia, o exemplo do Lava-pés, com a instituição de um novo mandamento e a instituição do sacerdócio. É neste momento que Judas Iscariotes sai para entregar Jesus por trinta moedas de prata. E é nesta noite que Jesus é preso, interrogado e, no amanhecer da sexta-feira, açoitado e condenado. A igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos de Jesus, que tiveram início nesta noite. A igreja já se reveste de luto e tristeza, desnudando os altares (quando são retirados todos os enfeites, toalhas, flores e velas), tudo para simbolizar que Jesus já está preso e consciente do que vai acontecer. Também cobrem-se todas as imagens existentes no templo, com panos de cor roxa.

*22h00 às 14h30 da Sexta-Feira Santa – Vigília em família, cada um em sua casa

10 de abril – Sexta-Feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão – 15h00 – Celebração da Paixão do Senhor
É quando a Igreja recorda a morte de Jesus. É celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e a Adoração da Cruz. A recordação da morte de Jesus consiste em quatro momentos: A Liturgia da Palavra, Oração Universal, Adoração da Cruz e Rito da Comunhão. Presidida por presbítero ou bispo, os paramentos para a celebração são de cor vermelha.

11 de abril – Sábado Santo ou Sábado de Aleluia – 20h00 – Vigília Pascal
É o dia da espera. Os cristãos junto ao sepulcro de Jesus aguardam sua ressurreição. No final deste dia é celebrada a Solene Vigília Pascal, que se inicia com a Bênção do Fogo Novo e também do Círio Pascal; proclama-se a Páscoa através do canto do Exultet e faz-se a leitura de 8 passagens da Bíblia (4 leituras e 4 salmos) percorrendo-se toda história da salvação, desde Adão até o relato dos primeiros cristãos. Entoa-se o Glória e o Aleluia, que foram omitidos durante todo o período quaresmal. Há também o batismo daqueles adultos que se prepararam durante toda a quaresma. A celebração se encerra com a Liturgia Eucarística, o ápice de todas as missas.

12 de abril – Domingo de Páscoa – 09h00 – Missa de Páscoa
É o dia mais importante para a fé cristã, pois Jesus vence a morte para mostrar o valor da vida. Esse dia é estendido por mais cinquenta dias até o Domingo de Pentecostes.

“Jesus manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso”.
Pastoral da Comunicação – Pascom
Vera Cruz/SP
sscjesus.paroquia.net.br
(14) 3492 1674

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *